Maria, a personificação da Ternura
Apresentada pela segunda vez em Passo Fundo no sábado (02), Cantata Natalina faz memória àquela que trouxe ao mundo o filho de Deus
Apresentada pela segunda vez em Passo Fundo no sábado (02), Cantata Natalina faz memória àquela que trouxe ao mundo o filho de Deus

 

Mesmo que o espetáculo só fosse iniciar à noite, o sol ainda brilhava quando os espectadores começaram a posicionar suas cadeiras em frente aos palcos e arquibancadas montados no passeio. Desse local, voltados para o Colégio Notre Dame, eles teriam uma visão privilegiada da segunda apresentação da Cantata Natalina 2017, realizada no sábado (02).Cantata Natalina 2017 (1)

Quando as janelas do Colégio foram abertas, às 21h, o hino “Vem Cantar a Alegria de Viver” foi entoado por dezenas de vozes que compõem o Coral Notre Dame, o Coral Municipal e o Coral Adulto, dando início ao espetáculo que narra o nascimento de Jesus. Neste ano, contudo, além de celebrar o milagre que une os povos cristãos, o evento evangelizador também convida o público a contemplar e celebrar a ternura dedicada por Maria ao filho de Deus.

Afinal, conforme destaca a Superiora da Província da Santa Cruz da Congregação de Nossa Senhora, Irmã Araci Ludwig, em Maria, a ternura é personificada. “Quando contemplamos a atitude de Maria, que enfrentou seus medos e suas dúvidas, que serviu de amparo para Jesus durante toda a sua vida, nós temos um modelo de ternura, de aconchego e de paz”, afirma.

Cantata Natalina 2017 (2)É, justamente, para representar as lições deixadas por aquela que trouxe ao mundo a divindade que, em 19 quadros artísticos, mais de 600 artistas voluntários apresentaram cânticos, coreografias e encenações, convidando o público para olhar o mundo com os olhos ternos de uma mãe.Cantata Natalina 2017 (4)

Desse modo, ao fazer memória ao “sim” de Maria, o espetáculo homenageia, também, todos aqueles que responderam afirmativamente à vida, dedicando-se a um filho e desafia os espectadores a refletirem sobre a sua vivência no seio familiar e a enxergarem, uns aos outros, com o doce olhar materno, perpetuando, assim, a solidariedade, a fraternidade e a tolerância.

Essa mensagem, através da profusão de artes que compõem a Cantata Natalina, poderá ser assistida novamente na quinta-feira (07).

Confira as fotos da segunda apresentação da Cantata Natalina em Passo Fundo:

Veja as fotos da pré-apresentação:

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *